Archive for the ‘momentos’ Category

Articles

Fotografando

In diversão,momentos,sobre mim on janeiro 4, 2010 por @rustymind

É fato que uma das coisas que mais gosto de apreciar na  vida são fotos das mais variadas espécies. Pessoas, auto-retratos, paisagem, lighpainting, lugares, etc tudo é capaz de atrair minha destreinada atenção. Mais interessante é o papel de quem fica por trás das lentes concebendo todo o trabalho ou clicando algo com livre interpretação e, por isso, cheio de conteúdo subjetivo, diversão e porque não beleza?

Fotografar é a certeza de fazer com que duas cabeças, no mínimo, possam voar. O ânonimo-amador e o observador implícito mas sujeito, senhor dotado de interpretação.

Fotos Recentes no meu Flickr:

Articles

Sem título e com por quê

In momentos on março 23, 2009 por @rustymind

Hoje faz 2 anos da morte do meu pai. Foi um momento complexo e difícil. Nossas vidas estavam em um processo muito complicado com tudo que atravessávamos e, diante das minhas crenças, fui compreendendo cada passo da situação que se colocava no nosso caminho naquele tempo.
A coisas mudaram bastante por aqui. Aprendi a conviver com a saudade, a ser um homem dono de casa, a estar com a minha mãe e amar ainda mais aquele que se foi. Além de todo o amor que me foi dedicado, sei que deixou algo muito maior em mim que foi a possibilidade de a cada recordação amá-lo ainda mais e o aprendizado que estar aqui e nos outros são coisas relacionadas mas não extremamente dependentes. Ora, ele está em outra dimensão mas continua presente em tudo que fazemos por aqui e a cada novo passo é como se aquela voz inteligente e sábia estivesse nos guiando.
Meu pai era um verdadeiro Homem. Cuidava da família com dedicação, dava-nos muito além do físico e ilustrava todos os nossos conceitos como um guru extremamente sábio e repleto de conselhos realmente inteligentes. Nunca conheci alguém tão lúcido, honesto e profundo conhecedor dos truques do mundo, da moral das pessoas e da ética como um todo. Era um orgulho chamá-lo de pai.
Se pudesse me ver neste instante, queria que ele passasse por mim na faculdade, ver o cara que me tornei e que cresci honesto, sadio e hoje tenho uma nova e feliz vida. Só queria ouvir aquelas palavras motivadoras que sempre me guiaram, os conselhos ásperos, os alertas sinceros e nem sempre polidos. Consigo fechar os olhos e formar com o registro da voz dele na minha mente quaisquer que seja a mensagem, consigo também com fé dar o meu muito obrigado pra sempre e que eu adorei ser o filho dele nessa. Fica com Deus sempre!

Articles

Manguetown

In impressões,momentos,pensamentos on julho 8, 2008 por @rustymind Marcado: ,

Não sei para onde vou, nem sei para onde vais. O futuro pode ser algo tão incerto quando tratamos de pessoas diferentes. Hoje, sei que estou em Recife, uma cidade diferente, com cidadãos, consciente ou inconscientemente, marcados por profundas raízes históricas e eu como brasileiro e mais novo cidadão não posso deixar de passar despercebida nenhuma oportunidade de observar como as coisas se colocam por aqui, já que isso talvez influa diretamente sobre meu futuro. Tenho buscado desenvolver bastante minha consciência social e compreender o mundo que me cerca com olhos críticos, já que o momento tem sido favorável.

Um dia desses, precisamente 2 dias após a minha mudança, acordei com o barulho da chuva que castigava o chão, limpava do céu a poluição e provavelmente enchia os cheios de lixo, muitas mães aperreavam-se em suas palafitas às margens do Rio Capibaribe (e porque não da sociedade? ) e eu pensava no quanto a realidade pode se parecer com o gelo: fria e dura, mas moldável quando se quer fazer algo. Cheguei à conclusão de que se a gente quer crescer como pessoal não podemos esquecer de olhar pela janela do banheiro como andam as coisas lá fora…

Naquele momento, Chico Science chegou ao meu ouvido e disse:

 
“Fui no mangue catar lixo,
pegar caranguejo,
conversar com urubu..’’

E completou que estava meio afastado desse mundo mas que não retirava nada daquilo que disse. Balancei a cabeça compreendendo a mensagem. A vida continuou…

Articles

Carrices , Mudanças e Bloguices

In momentos,rotina on junho 7, 2008 por @rustymind

Os dias têm sido puxados (algo realmente me diz que ainda saberei o real significado dessa afirmação) por causa da minha mudança de cidade, suas conseqüências e resoluções. Estou sentindo que a vida anda, depois de uma pausa necessária e própria das férias e, claro, tenho me empenhado em agilizar pendências e viabilizar o complicado processo que foi arrumar uma nova morada, oficializar papéis, alugar a minha casa, cancelar contas, transferir endereços e programar como tudo deve ser feito a partir de agora. Apesar das complicações, as coisas têm fluido de uma maneira agradável e confortavelmente positiva.

O maior motivo do meu recente estresse foi gentilmente batizado de carrices* . Meu estimado veículo passou por uma série de revisões por causa da viagem afim de obter segurança na estrada, bem como evitar problemas em uma cidade que ainda não conheço e que teria certa dificuldade em achar bons mecânicos, lanterneiros, eletricistas e toda espécie de especializações possível. Aliás, já perceberam o quanto a manutenção de um automóvel é fragmentada? Existe gente para alinhar, ajeitar faróis, pintar, polir, colocar vidros… e, como tempo é dinheiro, imagino como deve ser difícil um profissional com uma rotina turbulenta manter tudo em ordem sem gastar um precioso tempo.

Além da troca de óleo, fui regular as lâmpadas dos faróis e terminei tendo de comprar um novo par de globos já que o sistema de reflexão estava comprometido devido ao tempo de uso e conseqüente desgaste, aproveitando o ensejo para regular a bombinha do pára-brisa que há alguns dias não jogava mais água e, confortavelmente, eu me valia dos flanelinhas do semáforo. Terminados os serviços de eletricistas chegou a vez de alinhar as lâmpadas e aí começou uma onerosa novela de mais de 2 horas e algumas novas rugas em minha testa. Fui a uma loja especializada em alinhamentos em geral e, consequentemente, trocas e avaliação de pneus. O valor do primeiro objetivo foi bem barato, apenas 10R$, que nem foram preciso ser pagos pois as lâmpadas estavam praticamente em ordem, então, aproveitamos o ensejo para alinhar os pneus e daí começaram os problemas. O técnico observou que eles estavam em perfeito estado na parte de fora e tão gastos no interior que só agüentariam mais 8 dias no máximo e a estrutura metálica corria o risco de partir e o carro capotar. Foi preciso fazer uma alinhamento especial para ajeitar o eixo inclinado para fora, cujo valor foi mais de 100 R$ e duas infinitas horas na sala de espera para clientes.Terminado o serviço, fomos ver e constatamos que realmente estavam tão tortos que o formato dava uns 4 ziguezagues, sendo necessário substituí-los imediatamente por questões de segurança. O barato poderia sair caro e foi necessário lidar com os gastos inesperados apesar do estresse, enfim, carteiras mais vazias com risco de morte diminuído foi o saldo final.

Estou sentindo uma grande saudade antecipada da minha cidade. É uma vontade de ir de um jeito e ficar de outro, já que a verdadeira intenção é não deixar para trás as verdadeiras experiências e conquistas partirem de um solo filosófico que, por estar na mente, não possui distâncias físicas a percorrer. Nada mais justo para um cidadão que tem o pé no mundo, mas que cresceu de várias formas num ambiente de clima semi-árido e cheio de calor humano. Caruaru não é somente a cidade do Forró,das festas de São João ou o esconderijo do bêbado Geremias (e eu não conheço ele), é um lugar cheio de cultura, mitos, atrapalhos políticos, intelectuais e algumas personalidades.Certamente, levarei para sempre as coisas que aprendi por aqui com sentimentos telúricos, que ajudarão na continuidade da minha formação.

Os próximos dias serão de mais desafios e de muitas novidades. Confesso que não estou com medo, amadureci alguns pensamentos no meu último tempo livre e estou pensando positivo a respeito de tudo, acredito que é assim mesmo que deve ser. Agora só me resta esperar o caminhar das coisas e poder ver como será a nova vida.

*carrices = coisas de carro; problemas chatos que consomem bastante tempo e dinheiro dos proprietários.

The Kooks – Always where i need to be

Articles

Mau-humor = Intolerância

In impressões,internet,música,momentos,rotina,vídeos on março 1, 2008 por @rustymind Marcado: , , ,

árvore veloz
O dia ontem foi muito complicado. Aconteceram coisas que não queria , a internet estava ruim , fui à rua , juntei o monte de decisões que tenho de tomar e fiquei pensativo um tempão.Usei plenamente meu direito de ser mau-humorado uma vez na vida e , acreditem , isso até me fez um certo bem.

‘Fui ao Mais e mais uma vez não resolvi o que queria – Andei bastante só para conseguir um número de telefone – Não achei a casa de alguém que queria muito rever – O amortecedor da sandália fez um calo no solado do meu pé – Fui ao shopping (com o pé doendo) – Comi um pastel enorme de queijo e catupiry sozinho – Visitas inesperadas aqui em casa – Uma nova queda de energia quase que queima meu computador – Anilson e Aline vieram aqui em casa e fizeram minha tradicional festa , que mais uma vez foi surpresa e me deixaram feliz ¹ ’

¹ Eu acho que no meio de um turbilhão de coisas sempre tem algumas que pode nos fazer , certamente , mais felizes. Não sou escravo de um visão pessimista da vida e dos fatos…ainda bem…

 

Ficar em casa tem me feito bem mas há momentos em que isso se torna cansativo e , inevitavelmente , a gente acaba dando importância a coisas pequenas e ficando um pouco desanimado.Reverter essa situação é uma questão , em devidas proporções , de saúde.É fato que preciso fazer das coisas , diferentes. Sou um indivíduo que tem um pouco de paciência mas tem horas em que a gente se pega não gostando das situações e das pessoas , implicante , sem tolerância , contudo , quero ficar novo com os anos e não ranzinza.Raiva e incompreensão faz parte de ser humano , melhorar é opção , conseguir é esforço , merecimento e dedicação.Eu sigo em frente…

 

História e Cultura útil

Ultimamente postar no meu outro blog e conversar coisas no twitter tem me levado a conteúdos interessantes na Wikipedia sobre coisas que eu já conheço mas acabo encontrando alguma informação diferente por lá. Sei que o site gera controvérsias mas serve de noção geral em relação a muitos temas.Em relação à História, tenho lido sobre:

O calendário Gregoriano

O papa do Calendário

Luis XIV : O rei Sol

Vídeo: Tarja Turunem – Die Alive

Articles

Tetris

In momentos on fevereiro 12, 2008 por @rustymind

Eu tenho encontrado novos sentidos em estar em casa nos últimos dias.Tenho organizado muitas coisas – livros , papéis , cds , fitas – e , no fundo , também organizado a mim mesmo.Dizem que isso é típico da casa dos 20 anos , principalmente com a proximidade do meu aniversário , mas acho que é fato decorrente da minha vontade de mudar de rumos , respirar novos ares mesmo dentro do mesmo ambiente.Está na hora de desperdiçar mais coisas inúteis e ficar com a mente livre para as novas que aparecem , é preciso está de bem consigo mesmo para lidar com certas situações , criar caminhos , construir uma nova vida e encará-la com alegria e , sobretudo , amor. E como diz o Mário : “Here we go…”

Articles

A terça passou , o efeito não

In momentos on janeiro 19, 2008 por @rustymind Marcado: , ,

Passei o dia mais agoniado que de costume e quando estava perto das 17 hrs nem sabia mais o que pensava.Todos os sites que divulgariam o resultado do Vestibular estavam abertos mas os servidores estavam extremamente congestionados e eu ficava o tempo atualizando-os enquanto falava com meus amigos ao msn. Todos estávamos ao mesmo tempo nervosos e confusos .Felizmente , através de Rachel , eu consegui saber minha nota pele método ctrl+c e ctrl+v , isto é , ela pediu para alguém que conseguiu abrir a página olhar meu nome e graças a deus ele estava por lá , mas quem disse que eu acreditei ?

 Fui ficando mudo , abri a página , digitei tudo ( cpf , identidade , carteira de trabalho , gosto musical… ) e apareceu meu nome , nota , desempenho no curso e colocação mas mesmo assim eu não acreditei até que Rachel me ligou e pediu para eu responder alguma coisa no Msn porque eu realmente tinha passado. A ficha começou a cair.Depois que ela desligou ,disse a minha mãe que , assim como eu , nem sabia o que fazer também.Acho que pela primeira vez na vida pulei de alegria , chorei , lembrei do meu pai e , para ser sincero , nem acredito direito para ser sincero pois agora eu tenho uma vaga em Farmácia na UFPE. Um filme passa pela nossa cabeça e a gente fica anestesiado , sem ação , só quem sabe é que passa em todos os sentidos o/ .

Á noite , a gente foi para casa de Weruska e o pessoal ajudou a acabar –estragar – o meu cabelo e , mesmo que muita gente tenha faltado , quem pode ir representou toda a minha galera.O importante é que vou cobrar alguma noite de farra ou qualquer outro presente que queira.Estou feliz , muito feliz! Agora é hora de aproveitar mesmo , fazer a matrícula no dia 28 de Janeiro e depois pensar em como vão ser os outros processos de mudanças para ir morar em Recife  .Isso dá até um frio na barriga , mas tudo na hora certa.
Eu diria isso a cada um:

Galera , MUITO OBRIGADO POR TUDO ! A torcida , o estímulo de vocês e principalmente a amizade foram fundamentais para mim e eu só tenho uma certeza : Quero que cada um de vocês continue presente na minha vida. Deus é muito generoso comigo , tenham certeza…
Um grande abraço!

Talvez essa seja minha música preferida :

Smashing pumpkins – Tonight, Tonight
Esta Noite, Esta Noite

Letra :


Time is never time at all
Tempo nunca é somente tempo
You can never ever leave without leaving a piece of
youth
Você nunca conseguirá partir sem deixar uma parte da
juventude
and our lives are forever changed
E nossas vidas foram mudadas pra sempre

we will never be the same
Nunca mais seremos os mesmos
The more you change the less you feel
Quanto mais mudamos menos percebemos
believe, believe in me, believe
Acredite, acredite em mim, acredite
that life can change, that you’re not stuck in vain
Que a vida muda, que não estás confuso em vão
we’re not the same, we’re different tonight
Não somos os mesmos, somos diferentes esta noite
tonight, so bright
Esta noite, tão esplêndida
tonight
Esta noite

and you know you’re never sure
E você sabe que nunca tem certeza
but you’re sure you could be right
Mas tem certeza que poderias estar certo
if you held yourself up to the light
Se tivesses te erguido perante a luz
and the embers never fade in your city by the lake
E as fagulhas não se apagam, na sua cidade às margens
do lago
the place where you were born
O lugar no qual você nasceu
believe, believe in me, believe
Acredite, acredite em mim, acredite
in the resolute urgency of now
Na absoluta importância do agora
and if you believe there’s not a chance tonight
E se você acreditar não tem jeito esta noite
tonight, so bright
Esta noite, tão esplêndida
tonight
Esta noite

we’ll crucify the insincere tonight
Crucificaremos os hipócritas esta noite
we’ll make things right, we’ll feel it all tonight
Faremos direito as coisas, tudo sentiremos esta noite
we’ll find a way to offer up the night tonight
Acharemos um modo de idolatrar a noite esta noite
the indescribable moments of your life tonight
Os momentos indecritíveis de sua vida esta noite
the impossible is possible tonight
O impossível é possível esta noite
believe in me as i believe in you, tonight
Acredite em mim, como acredito em você, esta noite