Articles

O-Day

In impressões, internet on janeiro 19, 2009 by @rustymind Marcado: ,

Sempre quis fazer um post falando seriamente das eleições americanas sendo inovador e menos dogmático.Contudo, a essas alturas, optei pelo caminho mais digno que é buscar ser realista e fidedigno para manifestar minha opinião. Saiu isto:

Passamos 2008 na tensão de como seria a comemoração da vitória de Obama, já que em uma determinada época tudo que se podia fazer era esperar o período pós-derrota de McCain e encher-se de esperança. O fato é que chegou o grande dia da largada cujo treinamento ocorreu ao longo dos meses de 2008 via jornais, emissoras de tv, mídias impressas e, sobretudo, nos meios digitais. Blogs, redes sociais, aplicativos e designers apostaram no sentimento de esperança e revolução que envolve o nome de Barack Obama. O tal Superman tem a difícil missão de salvar seu país economicamente buscando o caminho da justiça e longe da ultra-exploração, usado por 9 em cada dez dos seus antecessores, diga-se de passagem.

Contudo, acredito que o maior desafio dele envolve justamente sua maior e mais funcional carta na manga: auto-imagem. Isso mesmo, reverter a aparência atual dos Estados Unidos mundo afora, já que o Capitalismo atingiu uma nova dinâmica com Bush e, ao que tudo indica, o tal ódio às posturas político-econômica daquele povo ultrapassou os clubes dos comunistas revoltados e disseminou-se como modinha entre todas as potências e, pior, entre as massas de maneira mais rápida e eficaz. Embora em trânsito, a dependência econômica do Tio Sam em vários setores é uma realidade e os efeito das desgraças de nosso maior anti-xodó poderão ser sentidos por mais uns bocados ainda. Sendo assim, sejamos racionais, é hora de vibrar positivamente para que as coisas andem bem do lado de lá e, em sábio silêncio, cuidar do que é nosso sem direito a proprietários intermediários.

A nova fase que se inicia requer de todos que usam papelzinho colorido agregado com valor (sim, todos que usam dinheiro, money money) prudência e inteligência, já que um centavo nosso interfere no pão do conterrâneo que está lá no Japão. Precisamos descapitalisar nosso egoísmo e comparar a economia atual a um tabuleiro de Xadrez, com vagas definidas, peças com relevâncias diversas e maior quantidade de soldadinhos que reis e bispos. Aqueles podem até dar o xeque-mate se forem estratégicos, inteligentes e estudiosos mas é preciso inovar e ser fiel a si.

Espero ansioso para estamparmos nosso símbolo e força pelo mundo, fazendo diferente e vencendo como país parte de um contexto. Sejamos, nesse ponto, sonhadores e apaixonados como o clubinho barbudo que prega o fim opressão do estado alheio, porém, nunca alheios ao que acontece a nossa volta. Obama, torço por você!

Dica : animados pelo vitória do Obama, ou simplesmente por massificação e alienação, estamos todos brincando com tamanho entusiasmo em torno do Obama. Este site permite criar uma galeria e dar uma de presidente-ícone por uns dias, sugiro que olhem outras galerias e percebam o quanto as pessoas podem ser criativas com apenas 3 cores e uma imagem.Vale lembrar que o tradicional ícone de rodapé ”Hope” é costumizável. Há idéias muito divertidas!

Anúncios

3 Respostas to “O-Day”

  1. Você descreveu tudo… tudo o que penso… ^^

    Espero que esta esperança em demasia não acabe caindo contra o Obama. Agora, só resta torcer!

    Tenha uma boa semana!

  2. agora veremos..rs

  3. eu nao entendo quem bota fé e se liga no prefito de outro pais!
    obama vai fuder geral \o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: