Articles

A prova dos 4 anos e a eleição do “Photoshop”

In impressões on setembro 15, 2008 by @rustymind Marcado: ,

Hoje é dia 15 de Setembro de 2008. Em menos de um mês, todos nós já teremos escolhidos o novo time de políticos que ocupará a posição dos atuais prefeitos e vereadores de nossas cidades e o que estamos fazendo?

Sou mais um brasileiro consciente das dificuldades éticas que o ramo da política e , embora justo, meu descontentamento não pode ser seguido a risca do ponto de vista do abandono da causa. Política a gente faz no dia-a-dia e é da observação dos problemas pessoais que a gente alcança, objetivamente, os sociais. Deixa que eu explico.

Passei a tarde inteira incomodado com o barulho dos carros de som emitindo vários decibéis de jingles repetitivos e pegajosos e acabo de descobri que haverá um comício em frente a minha casa. Terei uma prova difícil amanhã e necessitava revisar e aprender parte do conteúdo para garantir uma boa nota. Diante disso, comecei a refletir o quanto nós cidadãos brasileiros estamos condicionados a somente pensar em determinadas situações quando elas começam a nos perturbar. Concluo que ainda estou saudável por ficar indignado. Como vai você?

Sim, meu repúdio não se aplica somente ao som infernal que vem lá de fora mas principalmente à pessoas que insistem em tratar o voto como uma obrigação somente cívica e não moral. Vivemos um caos generalizado em nossa nação e somente a escolha de bons administradores não seria suficiente para transformar tudo que se faz necessário. É preciso fazer de nós mesmos novas personagens no processo da cidadania e sermos mais repetitivos que musicas de políticos e propaganda eleitoral televisiva ao exigir as coisas certas dos nossos funcionários mais bem pagos. Os cartazes nas ruas mostram personagens maquiados e imprimidos com uma ideologia duvidosa mas a tela da TV separa, isola e esconde cidadãos com sintomas parasitários crônicos.

Os ladrões não criaram a miséria, nem os analfabetos originaram a falta de estudo, não foram as doenças que destruíram os recursos de hospitais, certamente a poluição não criou o trânsito, enfim, e em suma, é o nosso descaso com o interesse coletivo que gerou grande parte de tudo que reclamamos e não assumimos nossa negligência colaborativa. Pensemos duas vezes antes de xingar aquele cidadão que tem um gabinete na prefeitura, na câmara ou lá em Brasília de safado, nojento, imoral ou desonesto porque talvez a gente conheça alguém mais hipócrita e que foi responsável por tudo e ainda vem se fazer de mocinho.

‘Está aberta a temporada de caça aos políticos fajutos e aos cidadãos folgados ’

O Rappa – Reza Vela

Anúncios

3 Respostas to “A prova dos 4 anos e a eleição do “Photoshop””

  1. Prova da falta de ética é terem marcado como ponto de comício um lugar que moram pessoas que querem dormir ou, no seu caso estudar, sem ter pedido, e nem se importado, com a opinião de qualquer morador ou agregado a essa área.

  2. pra ser sincero, é a primeira vez que eu voto, e sou o contrario de muita gente que pensa em mudar algo, que votando certo irá ter uma certea diferença e beneficio pra cidade, mas sei lá. eu vou votar nulo, dizem que pode ser parecer besteira, mas se eu nao me engano, se mais de 50% da população votar nulo, acontece algo do tipo uma “reunião”, pra ver qual é o problema. muita gente aceita as coisas de boa, eu não. xD

    abraços man!

  3. fazem quatro ou cinco anos que não voto. sei que não é certo, pq nessa eu mesmo posso acabar me complicando, mas quer saber?:quero que se fôda!

    abraço, Clô

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: