Articles

Pensar enlouquece

In impressões, sobre mim on agosto 24, 2008 by @rustymind

Hoje faz um dia muito bonito aqui em Recife. O céu não tem muitas nuvens e mostra caçoando de mim o quanto ele pode ser azul ao lado do sol. Ainda tenho quase 40 páginas para estudar e preciso decorar os nomes de um monte de músculos, ossos e articulações para a primeira prova na Faculdade, que será na próxima sexta-feira.

A vida segue seu curso normal. Eu seria extremamente redundante se dissesse que tudo mudou e que estou tendo um monte de coisas novas a me adaptar , porém, posso dizer com propriedade e alegria que estou bem e entusiasmado com os (excessivos) estudos, bem como todo o universo a ser explorado que a gente encontra por lá. Isso sim é algo pessoal e relativo…

Diante de tudo, cheguei a “brilhante” e funcional conclusão que meu maior problema não é o tempo, ou a falta do mesmo, como queira, e sim a otimização desse generoso cidadão que não espera por ninguém. Não posso esquecer o quanto é importante estar envolvido em sonhos e projetos pessoais, mas que jamais posso abandonar a condição de ser -humano sadio e feliz que precisa sair , conhecer gente nova e aproveitar seus instantes na terra como os últimos . Preciso caminhar pelo caminho oposto ao de certas pessoas que reencontrei na Universidade e que na época do Colégio sorriam, corriam menos e eram menos estressadas. Ninguém irá me convencer que angústia é sinônimo de uma vida melhor. Acredito veementemente que não ser feliz é negligenciar a própria existência e eu quero sempre estar em dia com a minha…

Vanguart – Semáforo

Anúncios

2 Respostas to “Pensar enlouquece”

  1. Gostei do que vc escreveu. Eu também fico pensando sobre o tempo, o stress que é minha vida e sobre se, algum dia, vou perceber se aproveitei tudo como devia ou não. Nunca chego a uma resposta realmente conclusiva. O bom é que vc tem um modo otimista de ver as coisas! O que eu nem sempre tenho.
    Ah, achei seu blog super organizadinho! bj 😉

  2. Olha… gostei bastante do que você escreveu! Acho que todo ser humano pensa sobre como viver a vida de forma que quando ela acabar não sobrem muitos arrependimentos. A discussão sobre como ter uma vida feliz também é bem complexa; tem gente que se sente realizada fazendo bungee-jump da ponte, outras pessoas pensam que a realização profissional e uma velhice tranquila são a chave para uma vida feliz. Outras apenas curtem momentos de preguiça com entes queridos. Eu acredito que o importante é descobrir o que realmente te faz se sentir bem e buscar essas coisas pra sua vida, preencher seu tempo com elas. Não existe um caminho único pra felicidade; cada um faz seu próprio caminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: